sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Técnicas fotográficas avançadas: luz natural

Mais de uma vez eu falei por aqui que é melhor fotografar sob luz natural e evitar usar o flash das câmeras automáticas. No entanto, nem toda luz natural é boa, e nem sempre é possível fotografar sem o auxílio do flash.

Uma grande quantidade de luz nem sempre garante uma boa foto - sequer chega a garantir uma foto bem iluminada, por mais estranho que isso possa parecer. Se você resolve fotografar ao meio-dia de um dia ensolarado, o assunto da foto poderá ficar escuro (dependendo do seu posicionamento) e você precisará usar um
flash de preenchimento.

A boa utilização da luz natural
cria efeitos interessantes (foto:
Geroco)


Por mais que tenhamos a melhor das intenções, quando se trata de iluminação isso não é o bastante. É preciso conhecer os diferentes tipos de luz natural para saber aproveitar seus benefícios em qualquer situação.


> NÃO SE DEIXE ENGANAR PELO CLIMA


Qualquer clima
é adequado para fotografar, e até mesmo os dias mais "feios" podem resultar em imagens fantásticas.

Para retratos, prefira sempre dias nublados. Nesses dias a luz é mais difusa, o que evita sombras duras nos contornos do rosto e corpo. Dias nublados também são ótimos para fotografar flores e plantas.

Foto: jk10976

Está chovendo? Não há motivo para desânimo. Poças d'água no asfalto refletem o céu e a luz dos faróis e dos semáforos: é a condição ideal para transmitir a sensação de movimento. Só tome cuidado para não molhar sua câmera!

O clima pode alterar drasticamente o "humor" de uma fotografia. Em um dia nublado, o mesmo local pode parecer completamente diferente dos dias ensolarados. Aproveite todas as condições climáticas: neblina, chuva, neve (isso é: se você tem a sorte de morar em um país onde neva no inverno).



> MELHORES HORÁRIOS PARA FOTOGRAFAR COM LUZ NATURAL


Nem sempre podemos nos dar ao luxo de sentar e ficar esperando uma boa luz para começar a fotografar. Mas se você já sabe o que vai encontrar pelo caminho, pode programar seu dia de acordo com a luminosidade de cada horário do dia.

  • Você está viajando e quer uma foto panorâmica para recordar a cidade? Evite horários próximos ao meio-dia. Se puder, fotografe paisagens ao amanhecer ou pôr-do-sol;
  • Se a intenção é fotografar construções arquitetônicas, o melhor momento é após as 16h dos dias ensolarados. Após esse horário, a luz incide lateralmente sobre os objetos, o que ressalta sua textura;
  • Para fotografar lagos, dias calmos e com pouco vento são ideais. Você conseguirá registrar bons reflexos;
  • A iluminação de um final de tarde ensolarado permite que você capture imagens com um tom mais romântico. Aproveite as silhuetas e brinque com as formas.
Foto: Firenzesca


> AMBIENTES INTERNOS

Não existe regra nem horário para fotografar ambientes internos sob luz natural. Isso vai depender da idéia que você quer transmitir através da foto e, claro, da quantidade de luz disponível.


De maneira geral, você deve levar em conta duas coisas ao fotografar em ambientes internos. Se você quer uma imagem mais dramática, escolha um horário ou local que não tenha muita luz disponível. Para um efeito mais suave, aposte na luminosidade. Vejamos os exemplos abaixo:


Tirei esta foto em uma tarde nublada: a Megan e o banquinho já estavam posicionados; notei que a luz que entrava pela janela destacava seu corpo, e aproveitei o momento para registrar uma cena com uma atmosfera mais dramática.

Esta outra foi tirada no mesmo dia, horário e ambiente, só que a Donna estava em um canto mais iluminado da sala. Ela estava deitada no sofá sobre um edredon que formava um fundo interessante e criava algumas sombras. Toda a cena ficou bem iluminada, mas de forma muito suave. A diferença é grande, não?

Em ambientes internos você pode controlar a quantidade de luz que fará parte de uma cena. Tire proveito de janelas, portas e cortinas para criar sombras e muitos outros efeitos interessantes.
.

Veja também: Luminosidade, Técnica

6 comentários:

Reni disse...

Sempre fotografo com luz natural, mas nem fazia ideia de que tinha tantos tipos diferentes de luz!

Anônimo disse...

MToo bom!! Vou aproveitar mto!

Jah assinei seu blog, esta de parabens eh mto bom mesmo!

bjus

Jana

Tião o Pederneiro disse...

A Reni falou tudo ! ! !

Agora vou observar melhor a luz natural quando tiver fotografando minhas uvinhas .

Obrigadinha ,
Tião .

Maria. N. P. A. disse...

Não há luz como a natural para fotografar.
Hoje, com tantos tipos de luz é necessário conhecer bem como utilizar a iluminação.
Boa semana

Pedro Oliver disse...

Estou amando esse blog, quantas coisas novas e lindas. Quantas Tecnicas,

Anônimo disse...

Esse blog é maravilhoso , adorei , quero dizer que sempre irei voltar por que as dicas são perfeitas ! :D
Lirow v.

Postar um comentário