quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Driblando o erro de paralaxe das câmera automáticas

Se a sua câmera fotográfica possui um visor ótico, você já deve ter notado que o enquadramento que vemos através dele é um pouco diferente daquilo que aparece na tela de LCD. Enquanto a tela de LCD nos mostra a cena exatamente como será capturada e armazenada, o visor ótico apresenta essa pequena diferença de ângulo, que é conhecida como erro de paralaxe.


Na imagem acima é possível ver como isso acontece. Essa diferença pode ser suficiente para estragar o resultado final de uma imagem - ainda mais se você estiver usando a regra dos terços para compor a cena.

Organizei este tutorial para ajudar a driblar o erro. É sempre bom estar preparado para o caso de algum dia você precisar fazer uso do visor ótico: como já falei
nesse outro post, ele é excelente em viagens longas (quando não temos bateria reserva) e em ambientes com muita luminosidade.


> MAS O QUE É O ERRO DE PARALAXE?


Ao conferirmos o resultado de uma sessão de fotos que foram enquadradas através do visor ótico de uma câmera amadora, é muito comum percebermos que algum elemento ficou de fora. Pode ser a cabeça de alguém, os pés, a árvore ao longe: você tinha certeza que a foto estava bem enquadrada, mas... o erro de paralaxe fez mais uma vítima!


Nas câmeras compactas (ao contrário das D-SLR), o visor ótico é separado da objetiva. Isso causa uma ligeira diferença entre o ângulo que vemos através dele e o ângulo que será de fato fotografado. Ou seja:
a lente da sua câmera não percebe a imagem pelo mesmo ângulo do visor ótico, porque ele fica mais à esquerda e um pouco acima da própria lente.


> DRIBLANDO O ERRO


1ª etapa


1 - Procure um objeto com linhas retas verticais ou horizontais: uma casa com uma janela na frente, um poste onde você possa pendurar uma tira larga de papel ou papelão colorido ou até mesmo uma pessoa em frente a um muro pouco mais baixo do que ela
.

2 - Fotografe o objeto mantendo-o
exatamente no centro do visor. Se você tiver escolhido um poste, deixe a tira de papel no terço central do enquadramento. O ideal é que essa foto seja feita à luz do dia.

3 - Confira no computador (ou na tela de LCD) o resultado. Observe em qual lado ficou o objeto que você fotografou: direito, esquerdo, superior ou inferior.



2ª etapa


Se o objeto fotografado ficou à esquerda, faça o seguinte:

  • Cole um pequeno adesivo com o desenho de uma seta virada para a direita logo abaixo do visor ótico, na parte de trás da sua câmera;
  • De agora em diante, sempre que você quiser fotografar utilizando o visor ótico, enquadre os elementos um pouco mais à direita. O adesivo só serve mesmo para que não esqueçamos, já que o visor ótico é muito menos utilizado que a tela de LCD.

Atenção!


1 - Observe que o adesivo deve mostrar o lado
contrário ao do erro de paralaxe da câmera.

2 - As câmeras amadoras podem apresentar o erro de paralaxe em lados diferentes.

.

Veja também: Automáticas, Dicas

5 comentários:

Clarissa Medeiros disse...

AH eu precisava disso mesmo! Vou viajar nesse finde e quero tirar muitas fotos!!!!

Bj

Beth Cerquinho disse...

Estava passeando e cai aqui..rsss amei e se permitir vou ficar. Parabéns...
Abraço

Anônimo disse...

Gostei mesmo do blogue, já estou a segui-lo.

Rúbia Nascimento Telles

Magro Costa disse...

Muio interessante teu Blog! Gostei muito da proposta dele e das ótimas dicas.
Volto aqui é certo.

Anônimo disse...

Obrigada, pela quantidade de informação transmitida de forma tão perceptivel.

Postar um comentário