terça-feira, 14 de julho de 2009

Fotografando animais de estimação

Seja qual for seu animalzinho de estimação, uma coisa é certa: ele sempre faz alguma coisa que deixa você com vontade de tirar uma foto.

Foto: ETTC

Pode ser um movimento inédito ou uma pose engraçada ao dormir: você corre para pegar a câmera e quando volta... já era. Ou então você até fotografa o que pretendia, mas sente como se não tivesse conseguido expressar através da lente toda a intensidade do momento.

Pois você não é o único a passar por isso! Neste artigo, vou analisar certos aspectos que influem diretamente no resultado da foto e propor algumas dicas simples para conseguir melhores retratos do seu bichinho.


> FOTOGENIA

Assim como algumas pessoas sempre saem bem nas fotos e outras não, o mesmo acontece com nossos pets. Eu realmente não fazia idéia disso até adotar minhas duas gatinhas. Uma delas sai bem em qualquer foto, simplesmente adora ser fotografada; já a outra, apesar de ser linda e delicada, acaba saindo meio estranha: com cara de assustada, fugindo, desfocada, mudando de posição... enfim: difícil mesmo.


Donna, minha gatinha-modelo: sai bem em todas as fotos


Já a Megan é tão tímida que só consegui
um retrato
razoável quando a cliquei dormindo

Se isso acontece com suas fotos também, talvez a culpa não seja sua: seu amigo pode não gostar muito de retratos. Para esclarecer a dúvida, tente fotografar outros animais e experimente as dicas abaixo.


> DESLIGUE O FLASH


Isso é mais do que comprovado: 99% dos animais não ficam muito felizes com um disparo de luz forte na cara! As probabilidades de seu amigo sair com cara de assustado, ou com aqueles terríveis olhos de zumbi-radioativo são enormes.

Procure fotografar seu pet sob luz natural, mas tome cuidado com a formação de sombras (como na foto da Megan, acima). Se isso não for possível, utilize luz artificial de lâmpadas ou lanternas, mas
evite ao máximo o uso do flash.


> O QUE FOCAR?

O foco vai direcionar a atenção de quem estiver contemplando a foto diretamente para o objeto/sujeito que você pretende destacar (veja aqui como ajustar o foco de sua câmera). Procure posicionar o foco sobre os olhos ou o focinho do seu amigo: você verá que o resultado será bem mais interessante.

Na foto ao lado, é o nariz do cachorro que está em foco (e não foi a primeira coisa que chamou sua atenção?)
.


> PREENCHA O ENQUADRAMENTO

A menos que seu amigo esteja fazendo alguma coisa que o obrigue a incluir na cena outros elementos (um pano que está sendo arrastado, o inseto que ele está perseguindo, etc.), prefira preencher o enquadramento com seu pet.


Aproxime-se o máximo possivel do seu bichinho ou use o
zoom (o ótico, não o digital!) da sua câmera. Nas duas fotos acima, podemos ver exemplos de preenchimento de cena.


> INTERAJA


Quem disse que pessoas não podem sair nas fotos também? Se seu gato está dormindo no colo de sua namorada, aproveite a chance! Chegue perto o bastante para enquadrar os dois (nada de cortar a cabeça da namorada da foto!) e para ver qual é o melhor ângulo.

Ou convide alguém para brincar com seu bichinho e faça uma sessão fotográfica no gramado de sua casa. Qualquer forma de interação é bem-vinda!



> FIQUE AO NÍVEL DELE


É o detalhe que fará toda a diferença. Se você tirar fotos de cima para baixo, seu pet poderá parecer desengonçado e menor do que realmente é (como na foto ao lado, que é ótima para demonstrar o que não fazer ao fotografar pets).

Ajoelhe-se no chão, role no tapete da sala: você terá uma outra perspectiva, e poderá retratar seu bichinho com mais naturalidade.





> DICA DE SITE


Ao fazer a pesquisa de imagens para ilustrar este artigo, encontrei um site muito bom, dedicado exclusivamente a retratos de animais de estimação - o
Pet Portrait Artist. Para quem tem interesse no assunto, vale conferir.
.

Veja também: Dicas, Gatos, Retratos

13 comentários:

Rodrigo Piva disse...

Parabéns pelo excelente artigo!
Não é fácil fotografar os 'Pets".
Beijos

Mau disse...

Bom, a minha Nina, uma cadelinha Daschund é tão tímida que sai correndo. Mesmo desligando o flash, ela se assusta. Tem aquela luz vermelhinha (que ainda não sei o nome) que também a incomoda. É impressionante, ela se vira de lado e não se deixa fotografar. Vamos ver se depois de ler esse artigo, fico mais esperta... Beijim!

Ellen D.B. disse...

Mau, como eu disse no artigo, dependendo da personalidade do nosso amigo, é difícil meeesmo conseguir uma boa foto.
Quanto à essa luz vermelha (que se chama AF Illuminator - iluminador auto-foco), é opcional; ela serve para melhorar o ajuste do foco quando há pouca luz no ambiente - logo, você não vai precisar dela para fotografar sob luz natural ou em locais bem iluminados. Para desativá-la, vá em "Menu", "Setup" (ou "Configurações"), e "AF Illuminator" deverá ser o primeiro item da lista (tem as opções ON/OFF). Na minha câmera é assim, acredito que na sua deve ser parecido, já que é Sony também.

Caroline Scortegagna disse...

Que ótimas as dicas Ellen!!! Adorei!!! meu Beatle é uma figura, mas, realmente quando eu vou fotografar nao fica como ele estava!!!

Alexandre Brendim disse...

Ótimas dicas, algumas eu já fazia outras não, mas realmente o que faz a diferença é ficar ao nível deles...

Érico Skywalker disse...

show de mais Ellen as novas dicas! xD o ruim é fazer o meu cachorro serelepe ficar quietinho, apesar que já consegui fazer otimas fotos dele...xD

Augusto M. Garrucho disse...

Olha eu comentando atrasado por aqui! Haha... x]

O que eu mais gosto de tirar fotos é do meu cachorro... eu deito e rolo fazendo isso! Vou até botar algumas fotos aqui! *---*
http://twitpic.com/ahuxf | http://migre.me/3Je1 | http://migre.me/3Jej | http://migre.me/3Jem | http://migre.me/3Jeq

Ellen D.B. disse...

Já te falei isso pelo Twitter, Augusto, mas as fotos estão lindas! Seu cachorrinho é fofo e fotogênico, e você soube aproveitar isso muito bem.

Álvaro disse...

Interesante artículo. Gracias por compartirlo.
Saludos desde España.

lufotografias disse...

Artigo nota DEZ, Ellen!
Realmente é complicado fotografar nossos amigos!
Tenho 3 dogs...um casal de pastor e um poodle. A Laika faz até pose para ser fotografada, mas os outros dão um trabalho!rs
Bjos,
Luka

bruno marques disse...

se vocês acham dificil tirar fotos de cachorros e gatos eh pq vcs nao tem peixes .. haha

esses sim são quaaase impossíveis de se tirar uma foto legal com nossas cameras mortais (nao as poderosas ) =)

aproveito este comentário para parabenizar o seu blog ..

show !! parabens parabens !! =) =)

soft cialis disse...

these animals are very nice, very good idea to take pictures of animals as they always have a unique style

Eduardo Bonani disse...

Cara, como é difícil tirar uma foto do meu cãozinho. Já fiz algumas besteiras na hora da foto, se tivesse lido o artigo antes... Abraço, ótimo post!

Postar um comentário