Para que serve o ISO?

ISO é a abreviação de International Standards Organization (Organização Internacional de Padrões), que estabelece o seguinte: quanto maior o número em ISO, maior é a sensibilidade do filme. Genérico demais? Como assim, filme?

Ok, vamos com calma.

Já falei aqui que as máquinas analógicas exigiam um esforço muito maior por parte dos fotógrafos para manuseá-las, e cada rolo de filme tinha um valor específico de ISO. Se alguém que estivesse fotografando com 100 ISO quisesse fotografar com 400 ISO , precisaria trocar de filme.

Com as câmeras digita
is, o controle sobre o ISO ficou muuuito mais simples - mas isso não significa que todos saibam para que serve e quando usá-lo. Na verdade, eu deixei o ISO em modo automático durante muito tempo na minha câmera por achar que fosse algo complicado. Resultado: as fotos (principalmente as noturnas) deixavam muito a desejar, o que me desanimava a continuar tirando fotos nessas condições. Quando descobri o que era e como utilizar o ISO, pensei "mas é isso?" e percebi que era muito mais simples do que eu imaginava.


> PARA ENTENDER DE UMA VEZ POR TODAS O ISO

Em poucas palavras, pode-se dizer que o ajuste do ISO será feito de acordo com a luminosidade do ambiente. Quanto
mais luz disponível, menor será o valor do ISO e vice-versa. Entretanto, quanto maior o valor do ISO, mais ruído a imagem terá. (ruído é aquele monte de pontinhos coloridos que aparecem na foto de uma parede lisa, por exemplo)


> NA PRÁTICA
  • 100 ISO para sol bem forte
  • 200 ou 400 ISO para ambientes internos com luz + flash
  • 400 ISO para dias nublados
  • 800 ou 1600 ISO para fotos internas ou sob holofotes
Para capturar imagens de movimento o ideal é utilizar 400 ISO ou mais. Isso congelará a ação e evitará que a foto saia borrada.

Faça o teste em vários ambientes com todos os valores de ISO. Tente com e sem flash, com objetos parados e em movimento. É um ótimo exercício para você conhecer sua câmera e descobrir suas preferências!

.
Share on Google Plus

Sobre another db

Professora e escritora, amante de verde e tecnologia